Número total de visualizações de página

sábado, 19 de janeiro de 2013

Foi em ti...

Foi nos teus olhos de criança
Que me vi
Foi nas tuas mãos de adolescente
Que me entendi
Foi na tua voz de jovem
Que me ouvi
Foi no teu caracter de homem
Que me julguei
Foi no teu desempenho como marido
Que me revi
Foi no teu papel de pai
Que me abriguei
Foi nas tuas mãos de filho
Que me entreguei
E parti!

Helena

12 comentários:

  1. Que belo texto (mais um, que são todos magníficos), Drª Helena!
    Muitos parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Minha querida

    Desculpe entrar assim, mas tocou-me tanto este poema, já admirava a mulher e agora fiquei a admirar a poetisa.

    Um beijinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  3. Tenho de admitir que ja nao visito o blog há muito tempo! Mas Parabéns !! Gostei muito!!

    ResponderEliminar
  4. Um poema muito simples e muito bonito. Tudo o que é belo é simples.
    Foi um prazer conhecer o seu blog.

    ResponderEliminar
  5. Minha querida Helena... gosto tanto tanto tanto de si!!
    Andei ontem o dia todo consigo na cabeça e fui à sua procura até chegar aqui. Bendita a hora! Se Liberdade pudesse ter uma cara seria a sua. Rendo-me à sua humildade e ao respeito que tem pelos outros. O amor não se revela na pessoa que o dá - revela-se através daquilo que causa aos outros. Os seus filhos, todos tão diferentes, têm um denominador comum que fala por si: muito amor e respeito entre todos.
    Abraço-a... como quem se quer sentir abraçada assim :)

    ResponderEliminar